Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Aedes aegypti: este sábado é Dia D de combate ao mosquito em todo o Brasil

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:sertão, portas, parada, aplicação, medidas, individual, utilização e telas303 palavras5 min. para ler
Aedes aegypti: este sábado é Dia D de combate ao mosquito em todo o Brasil
Ver imagem ampliada
Pinhalzinho - A Sala de Situação Estadual para o Combate ao Aedes aegypti encaminhou ofício a todos os secretários municipais de Saúde do Estado para que sejam realizadas ações educativas e de controle ao mosquito em todos os 295 municípios catarinenses neste sábado (13).

>>Pinhalzinho confirma 102 casos de dengue



“No sábado, faremos um grande trabalho de mobilização em Santa Catarina, envolvendo as Forças Armadas e todos os órgãos do Estado e dos municípios”, afirma João Paulo Kleinübing, secretário de Estado da Saúde. A inciativa atende a convocação do governo federal para adesão à mobilização nacional.

“Solicitamos aos municípios que, neste Dia D, realizem visitação a residências e estabelecimentos comerciais, prestando esclarecimentos quanto aos procedimentos para eliminar possíveis criadouros do mosquito, além da distribuição de material educativo”, detalha o diretor da Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), Eduardo Macário. Outra orientação foi para que seja recomendada a limpeza de calhas, a retirada de entulhos e lixo, a remoção de recipientes com água parada, assim como a aplicação de medidas de controle individual, como utilização de telas em portas e janelas e o uso de repelentes.

As Forças Armadas também integrarão as ações de mobilização neste Dia D nas regiões dos municípios onde há uma base da Marinha ou do Exército ou da Aeronáutica. No total, 4 mil militares farão a distribuição de material impresso em 33 cidades catarinenses, orientando a população sobre a importância da eliminação dos potenciais criadouros do mosquito, transmissor da dengue, da zika e da chikungunya.

O general da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, Richard Fernandes Nunes, será o coordenador do trabalho que será realizado pelas Forças Armadas durante o dia de mobilização. No Oeste, os homens atuarão nas regiões dos municípios de São Miguel do Oeste, Pinhalzinho, Descanso, Iporã do Oeste, Guaraciaba, São José do Cedro, Itapiranga, Maravilha, Paraíso e Flor do Sertão.

Fonte:Governo de SC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!