Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Bombeiro acusado de duplo homicídio é condenado a 26 anos

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:fechado, assassinadas, boa, julgamento, acompanhando, presente, esteve e também171 palavras2 min. para ler
Bombeiro acusado de duplo homicídio é condenado a 26 anos
Ver imagem ampliada
“Eu tinha prometido para elas que ia lutar até o fim para ele pagar pelo o que fez. E eu lutei, Deus sabe como. A justiça foi feita. Acho que agora vou conseguir dormir um pouco melhor à noite”, disse, emocionada, a mãe de Ana Paula, Lídia Gasparin, após a sentença que condenou o bombeiro Elias de Souza a 26 anos de prisão pela morte das jovens, filha e neta de Lídia. 

O júri popular, realizado na tarde da sexta­feira (16) em Chapecó, foi marcado pela presença de mais de 100 pessoas, a maioria familiares das jovens assassinadas em 8 de fevereiro de 2014. A família de Elias de Souza também esteve presente, acompanhando o julgamento. Durante boa parte do tempo, o bombeiro permaneceu de cabeça baixa.

Ao final dos debates, os jurados consideraram Elias culpado pelas mortes e juiz da 1ª Vara Crime, Jeferson Vieira, determinou a pena de 14 anos de prisão pelo homicídio de Ana Paula e a 12 anos de prisão pela morte de Eduarda, totalizando 26 anos de reclusão, em regime inicial fechado

Fonte:RedeComSC | Foto: Bia Piva
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!