Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.

Por favor, aguarde.
Link curto para esta página:


Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Chape e almirante ficam NO empate

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erro354 palavras5 min. para ler
CHAPE E ALMIRANTE FICAM NO EMPATE
Ver imagem ampliada
Na noite deste sábado, 04, a Chape recebeu na Arena Condá a equipe do Almirante Barroso, para jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Catarinense. Como nas duas últimas partidas pelo Estadual, a Chape encontrou um adversário disposto a jogar em seus erros. O fato novo foi a forte marcação do Almirante pelas laterais. 

O primeiro tempo foi em grande parte com as duas equipes se estudando na busca por espaços. A Chape levou perigo ao gol do adversário por duas oportunidades - aos 18 e aos 23 - em jogadas que partiram de cobranças de lateral de Reinaldo, mas as finalizações de Wellington Paulista e Girotto não foram convertidas. Na sequência, aos 29 da etapa inicial, Neném sofreu falta dura de Roberval na entrada da área, o que resultou na expulsão do zagueiro. A vantagem numérica, no entanto, não mudou o aspecto do primeiro tempo.

Para a etapa complementar, a Chape voltou a campo com alterações. O técnico Vagner Mancini substituiu o lateral João Pedro com um desconforto muscular para a entrada do atacante Túlio de Melo. Aos nove minutos do segundo tempo, novamente pela esquerda e com assistência de Rossi - que, apesar de ainda não ter marcado, tem participado efetivamente da maioria dos gols marcados pela Chape - Túlio de Melo subiu mais do que a zaga e empurrou, com estilo, pro fundo da rede do goleiro Rodolfo do Almirante. À frente no placar, a Chape seguiu insistindo no ataque. Aos 20, Andrei Girotto deixou o campo para dar vez a Nadson. Aos 29, foi a vez do atacante Arthur entrar em campo no lugar do aniversariante do dia Neném. Apesar da ofensiva da Chape, no entanto, foi o time de adversário que conseguiu chegar ao gol. Aos 37, Pedro Hulk anotou, igualando o placar na Arena Condá. A Chape até tentou pressionar em busca da vitória, mas o jogo acabou empatado em 1x1. 

Com o empate, a Chape segue invicta na competição. Na próxima semana, o time tem compromisso duplo dentro de campo. Na quarta-feira, enfrenta o Avaí pelo Estadual na Ressacada. Na quinta-feira pela Primeira Liga, a equipe vai até Belo Horizonte para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão.

Fonte:Associação Chapecoense de Futebol
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!