Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para o carrinho de compras
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.

Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Chape celebra vaga na Sul-Americana, e técnico indica rodízio: “Um objetivo“

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:completou, tentaram, passado, times, vitória, bahia, goiás e abraças288 palavras4 min. para ler
Chape celebra vaga na Sul-Americana, e técnico indica rodízio: “Um objetivo“
Ver imagem ampliada
Vinícius Eutrópio diz que comissão técnica e diretoria estudam melhor forma de disputar primeira competição internacional e evitar prejuízos no Campeonato Brasileiro


Pela primeira vez a Chapecoense disputará oficialmente uma competição internacional. A diretoria do Verdão do Oeste recebeu a confirmação da vaga na Copa Sul-Americana na quinta-feira. O feito é comemorado pelo clube, e ações para a disputa são planejadas. A comissão técnica também avalia os efeitos da disputa. E com cautela. 

Conforme o técnico Vinícius Eutrópio, a presença na competição é importante. Mas é preciso também traçar um objetivo, que é a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro. Para evitar qualquer desgaste, o treinador indicou que deve promover um rodízio e dar oportunidade para outros jogadores na Sul-Americana. 

- Tem que estar muito feliz com isso. É mais uma conquista do clube, que vai estar em uma competição internacional. Só temos que definir qual é o objetivo. Não podemos abraçar o mundo. Temos exemplos caros do ano passado, de times como vitória, Bahia, Goiás, que tentaram abraças as duas competições e não deu certo. Para nós, é muito difícil isso. Ter um plantel que dê condições de entrar nas duas condições - comentou o técnico.

Por isso, segundo Eutrópio, a direção e comissão técnica estuda qual será a melhor forma de agir com a Sul-Americana. E buscar assim o equilíbrio.

- Não adianta dizer que nosso grupo é homogêneo, que todos têm condição de jogar. Se quando aparecer duas competições, a gente não usar todos os jogadores. Isso a gente está estudando. É uma decisão conjunta com a diretoria. É uma coisa importante para o clube. E que a gente tente passar de fase, mas que não signifique uma perda no Campeonato Brasileiro - completou.

Fonte:globoesporte.com
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!