Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Chape vence Grêmio com virada épica no RS

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:aires, marcou, receita, direita, sofreu, pênalti, cobrou e rápidas336 palavras4 min. para ler
Chape vence Grêmio com virada épica no RS
Ver imagem ampliada
Na Arena Grêmio, em Porto Alegre, 21,9 mil torcedores testemunharam mais um grande feito da Associação Chapecoense de Futebol. Com um a menos em campo, depois de estar com dois gols de desvantagem, o Verdão lutou até o fim e, de virada, conquistou a segunda vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro.

O fim da tarde de domingo (18) não começou nada bem para a Chape. Logo no início da partida, o meia Douglas acertou um belo chute de fora da área e abriu o placar para o Grêmio. O gol não abalou o Verdão. Na sequência, em chute de perna esquerda, Camilo acertou a trave de Bruno Grassi. A Chapecoense ainda teve duas boas oportunidades de cabeça - uma com Camilo e a outra com Túlio de Melo. O Grêmio foi mais efetivo. No contra ataque, Bobô dividiu com Silvio e fez o segundo dos gaúchos. No lance, o goleiro da Chape saiu de campo com suspeita de fratura no nariz.

Na segunda etapa, a Chapecoense mudou o ritmo e a história do jogo. O Verdão foi criando uma chance atrás da outra. Jogadas rápidas e envolventes.  Essa foi a receita da virada. Jogada rápida pela direita e Apodi sofreu pênalti, Túlio de Melo cobrou e marcou o primeiro. Depois, a jogada rápida foi pela esquerda, Maranhão cruzou e Túlio de Melo fez o segundo.

No fim do jogo, o zagueiro Vilson foi expulso. Com um a mais em campo, o Grêmio pressionou, mas a Chapecoense segurou as pontas. Aos 49 minutos, no último lance do jogo, mais uma jogada rápida do Verdão. Pelo meio, Cleber Santana lançou Apodi, o lateral da Chape saiu da defesa, percorreu mais de 70 metros e tocou na saída de Bruno Grassi para virar: 3 a 2 para a Chape.

A vitória histórica deixou o Verdão com 38 pontos, na 14ª colocação e a cinco pontos do Z4. Na quarta-feira (21), a Chape deixa de lado o Brasileirão e entra em campo pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, contra o River Plate, em Buenos Aires.


Fonte:Associação Chapecoense de Futebol
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!