Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para o carrinho de compras
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.

Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Confira os trechos de rodovias com interdição em SC pelas chuvas

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erro342 palavras5 min. para ler
Confira os trechos de rodovias com interdição em SC pelas chuvas
Ver imagem ampliada
Barreiras caíram e pistas alagaram estradas do Oeste na terça (14).

São pelo menos três trechos com bloqueio nesta quinta (16), diz PMRv.



Dois dias após as fortes chuvas em Santa Catarina, ainda há interdições em pelo menos três trechos rodovias estaduais catarinenses na manhã desta quinta-feira (16), principalmente no Oeste. Veja onde havia problemas até as 6h desta quarta, segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv):

Em Arvoredo, no km 59, o tráfego está interrompido na SC-283. Não há previsão de liberação.

Já na SC-155 entre Seara e Itá o bloqueio ocorre devido a alagamento no km 117. Há desvio de Seara a Itá pela SC-283 sentido Concórdia, SC-154 sentido Itá e também por vias rurais não pavimentadas entre os municípios de Seara e Itá. A previsão é que a pista seja liberada às 18h da próxima quarta-feira (22).

Mais uma situação de bloqueio ocorre em Concórdia na SC-154 entre os km 101,005 e 106,03. No local, houve queda de barreira e o trânsito está em meia pista. Pode ser feito desvio em Arabutã, em estrada de chão. A previsão de liberação é 18h de sexta (17).

Chuva em SC

De acordo com o relatório da Defesa Civil estadual divulgado às 17h desta quarta, subiu para 48 o número de municípios afetados por temporais em Santa Catarina desde sexta-feira (10). Vendavais, granizo, deslizamentos, enxurradas, inundações, alagamentos, além da chuva intensa afetaram 2.870 pessoas.


Ao menos 13 cidades decretaram situação de emergência. Saudades, Coronel Freitas e Maravilha, todas no Oeste, decretaram calamidade pública. Os decretos estão nas esferas municipais e nenhum deles havia sido homologado pela Defesa Civil Estadual até a divulgação do relatório.

Ao menos oito pessoas ficaram feridas e outras duas morreram em decorrência das chuvas. Uma mulher foi arrastada pela correnteza em Coronel Freitas, no Oeste, e um jovem de 19 anos foi atingido por uma descarga elétrica causada por um raio em São Joaquim, na Serra. Pelo menos 24 pessoas ficaram desalojadas e 40 desabrigadas.

Em relação aos prejuízos materiais, 880 casas e 30 empresas ficaram danificadas ou destruídas. Também houve 20 infraestruturas e instalações públicas atingidas ou danificadas e 16 infraestruturas danificadas ou completamente destruídas.

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!