Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Desacordo sobre carro vendido acaba com homem preso com arma de fogo

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:desacato, intactos, bolso, tentado, frequência, ouvido, fone e comunicador250 palavras3 min. para ler
Desacordo sobre carro vendido acaba com homem preso com arma de fogo
Ver imagem ampliada
Na manhã de sábado (28), um desentendimento entre algumas pessoas que negociavam um carro, na Rua Maria Tonini Alberti, no bairro Efapi, terminou com um homem preso por porte ilegal de arma de fogo. A Polícia Militar foi chamada por volta das 8h e, quando a guarnição chegou ao local, verificou que se tratava de um desacordo comercial a respeito de um veículo Ford Royale.

Os policiais procederam a abordagem nos envolvidos e em revista pessoal em um homem de 31 anos, localizaram em sua cintura uma pistola marca Taurus PT 58, calibre .380 com carregador municiado com 19 cartuchos intactos e mais uma na câmara. Em sua cintura também foi localizado um rádio comunicador com fone de ouvido na frequência da Polícia Militar e no bolso mais dos carregadores com capacidade para 19 tiros, com o montante de 37 munições de calibre .380 todas intactas – num total de 57 munições. Diante disso foi dada voz de prisão e conduzido até a Central de Polícia para as providências cabíveis.

Quanto ao desentendimento comercial pelo carro, um homem de 50 anos, amigo do que foi preso, declarou que vendeu o carro para um cidadão de 49 anos e que começaram a vir algumas multas e já havia tentado resolver o problema da transferência algumas vezes, sem sucesso. Disse ainda que na última terça-feira (24) havia contratado um guincho e retirado o veículo que estava em via pública e na data da ocorrência tinham se reunido para resolver o problema.

O homem preso já possuía passagens por roubo, posse de drogas e desacato.

Fonte:Polícia Militar
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!