Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Discussão familiar termina com três detidos por disparo de arma de fogo e tentativa de homicídio

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:orientaram, deflagradas, taurus, estava, municiado, munições, aparentemente e trata309 palavras4 min. para ler
Discussão familiar termina com três detidos por disparo de arma de fogo e tentativa de homicídio
Ver imagem ampliada
A Polícia Militar, em atendimento de denúncia de disparos de arma de fogo e tentativa de homicídio, apreendeu uma espingarda e um revólver e prendeu três pessoas - dois homens, um de 25 e outro de 33 anos e uma mulher de 31 anos. O fato iniciou quando a vítima, um homem de 51 anos, ligou no 190 e informou que havia ido tratar os porcos pela manhã, na propriedade em Linha das Palmeiras, interior da região Sul de Chapecó, quando foi vítima de três disparos de arma de fogo em sua direção.

Policiais militares do Pelotão de Patrulhamento Tático foram ao local e quando tentaram realizar a abordagem dos suspeitos, os dois homens correram para o mato, ficando a mulher no local. Ela foi detida e reconhecida pela vítima como autora dos disparos. Na fuga o homem de 25 anos abandonou uma espingarda de caça calibre 40 com uma munição intacta.

Em buscas na área de mata os policiais militares localizaram os foragidos, momento em que o homem de 33 anos tentou esconder o revólver em meio a algumas pedras. Trata-se de um revólver calibre .32, marca Taurus, que estava municiado com seis munições, sendo três deflagradas e aparentemente tenha sido a arma utilizada nos disparos. A arma ainda tinha numeração raspada. Após as prisões e apreensões, os envolvidos e as armas foram entregues na Central de Plantão Policial (CPP) de Chapecó, para os procedimentos cabíveis.

O motivo teria sido um desentendimento “familiar”, em que o homem de 51 anos era casado com a mãe da mulher de 31 anos e após a separação, teriam começado os problemas, porque a filha se recusou a sair da propriedade do homem. Quanto aos homens de 25 e 33, um é marido da mulher e o outro é irmão dele. Ontem na parte da tarde já havia ocorrido um desentendimento no local, policiais militares atenderam o fato, acalmaram os ânimos e orientaram os envolvidos.

Fonte:Polícia Militar
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!