Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Estelionatário é preso pela PM em encontro com a vítima

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:xanxerê, estaria, existência, possível, cota, eram, falsos e disso382 palavras5 min. para ler
Estelionatário é preso pela PM em encontro com a vítima
Ver imagem ampliada
Um homem de 26 anos foi preso no fim da manhã desta quinta-feira (17), na Rua Cristiano Cruz, bairro Universitário, em Chapecó, após ter aplicado um golpe sobre a venda de falsa carta de crédito contemplada.

A Polícia Militar foi chamada por um rapaz de 24 anos, que descobriu ter sido vítima de estelionato. Ele disse que em meados de agosto, conheceu o estelionatário pelas redes sociais na internet. O criminoso ofereceu uma carta de crédito imobiliário contemplada no valor de R$ 145 mil, mas para receber a carta teria que pagar antecipadamente R$ 6 mil. A vítima pagou esse valor em dinheiro e o suspeito entregou um “contrato de intermediação de cotas de consórcio“, alegando que a vítima teria que pagar mensalmente R$ 740 em boletos que seriam entregues a ele posteriormente e ainda que a vítima teria que pagar outros R$ 800 em forma de avaliação imobiliária do imóvel que gostaria de adquirir. A vítima já havia escolhido o imóvel e pagou mais essa quantia.

Suspeitando da empresa e da forma que estava sendo tratado pelo autor, a vítima procurou pela empresa representante em Chapecó, onde após mostrar a documentação e boletos que supostamente pertenciam a esta empresa, lhe informaram que não tinham nada a ver com o negócio. Informaram ainda que a pessoa que estava se identificando como representante da empresa nem mesmo trabalhava com eles e que todos os demais documentos, bem como existência de possível cota contemplada, eram falsos. Além disso, ainda relataram que tinham conhecimento que o suspeito estaria efetivando vendas de supostas cartas contempladas utilizando o nome da empresa.

Com todas essas informações e tento o suspeito programado mais um recebimento de mais dinheiro com a vítima, a Polícia Militar foi acionada e, em momento oportuno, fez a prisão do autor, conduzindo as partes à Central de Polícia para os procedimentos cabíveis. O homem de 26 anos foi enquadrado pelo crime de estelionato, art. 171 do Código Penal, passível de pena de reclusão de um a cinco anos e multa. O delegado de plantão lavrou o flagrante e o estelionatário foi encaminhado para o Presídio Regional de Chapecó.


Ela já tinha outras situações de prática de estelionato, vários registros com denúncias, mas ainda não havia sido preso. A mais recente havia ocorrido em abril desse ano, quando ele aplicou golpe semelhante em Xanxerê.

Fonte:Polícia Militar
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!