Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Eutrópio quer organização para tirar proveito de “desespero“ do Atlético-PR

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:superior, modificação, único, desfalque, equipe, verde, branca e lugar406 palavras6 min. para ler
Eutrópio quer organização para tirar proveito de “desespero“ do Atlético-PR
Ver imagem ampliada
Técnico cita últimos jogos do Furacão, diz que rival merecia resultado melhor contra o Fluminense, na rodada anterior, e espera jogo difícil na Arena da Baixada

Depois de uma boa arrancada no Brasileirão, o Atlético-PR, adversário da Chapecoense neste domingo, vive um momento de baixa na competição nacional. Sofreu derrota nos três últimos jogos e fez apenas um gol no período. Com conhecimento de quem já esteve no outro lado - ao coordenar as categorias de base do Furacão - , o técnico Vinícius Eutrópio espera um jogo difícil para este fim de semana. Para obter um resultado positivo, a estratégia é entrar de forma organizada e tentar aproveitar a pressão sob o rival.

- E um jogo do nosso campeonato. O Atlético tem a mesma pontuação que nós. A gente sempre observa dois ou três jogos anteriores do adversário. Contra o Fluminense, o Atlético mandou no jogo. Só que na última jogada o Fluminense conseguiu fazer o gol. Eles vêm com boas atuações, e a agente tem certeza que não vai ser fácil. Tem que manter uma postura forte e organizada. E que a gente possa usar um pouco o desespero do adversário, já que precisa somar pontos - comentou o treinador, em entrevista coletiva. 

Na Chape deverá ter apenas uma mudança para o confronto na Arena da Baixada. O volante Bruno Silva levou o terceiro cartão amarelo e é o único desfalque da equipe verde e branca. Para o lugar deve entrar Wanderson. A troca significa modificação das características do time. 

- São características diferentes. Estou tentando mudar o mínimo possível. Vou centralizar o Wanderson e dar um passo à frente com o Elicarlos. A gente ganha com a experiência do Wanderson, mas perde um pouco no entrosamento - completou.

Em relação ao oponente, o comandante do Verdão lembrou que o Furacão tem um time de velocidade. Além disso, a torcida apoia bastante nos jogos como mandante. 

- O time do Atlético não nos permite entrar desligado. É um time jovem, com muita velocidade, em um estádio fechado e com muita torcida. Se entrarmos morosos, sem nível de concentração, a gente vai pagar caro. Isso foi encerrado. É um time ciente, experiente. E a gente sabe que pecou contra o Avaí.

Na 14ª rodada do Brasileirão, o Verdão do Oeste encara o Atlético-PR na Arena da Baixada. A partida está marcada para as 11h do próximo domingo. Os dois times têm 19 pontos, mas o Furacão tem saldo de gols superior.

Fonte:globoesporte.com
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!