Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Greve dos petroleiros afeta produção, mas Petrobras garante normalidade na distribuição

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:trabalhadores, perda, destacou, também, desabastecimento, previsão, normalidade e funcionando175 palavras2 min. para ler
Greve dos petroleiros afeta produção, mas Petrobras garante normalidade na distribuição
Ver imagem ampliada
A Petrobras reconheceu que a greve dos petroleiros afetou as operações da companhia: na segunda-feira (2), deixaram de ser produzidos 273 mil barris de petróleo, o que representa 13% da produção diária no Brasil. Além disso, houve redução de 7,3 milhões de metros cúbicos de gás natural. De acordo com a Petrobras, isso significa 14% do gás oferecido, por dia, ao mercado brasileiro. Para hoje (3), a estimativa da companhia é fechar o dia com redução de 8,5% na produção de petróleo e de 13% em gás.


Ainda assim, a empresa garantiu que mesmo com o efeito na produção de petróleo e gás no Brasil, em decorrência da paralisação dos petroleiros, “a distribuição está funcionando dentro da normalidade e não há previsão de desabastecimento do mercado”. A empresa também destacou que a perda de produção provoca impacto direto na arrecadação de tributos recolhidos em favor da União Federal, estados e municípios e ainda nos royalties e na participação especial. A Petrobras informou que adotou as medidas necessárias para garantir a manutenção das atividades, a preservação das instalações e a segurança dos trabalhadores.

Fonte:Agência Brasil
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!