Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Grupo armado invade banco a marretadas e foge com malote

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:divulgado, testemunha, caixa, sacar, iria, cliente, cofre e direção275 palavras4 min. para ler
Grupo armado invade banco a marretadas e foge com malote
Ver imagem ampliada
Segundo PM, 4 bandidos assaltaram cooperativa de crédito em Chapecó.

Ação foi no início da manhã de terça e, até a tarde, ninguém foi preso.


Bandidos armados e encapuzados invadiram uma cooperativa de crédito em Chapecó, no Oeste catarinense, na manhã desta terça-feira (7). Segundo testemunhas, quatro homens quebraram a porta de vidro do estabelecimento com uma marreta. Eles ficaram aproximadamente dois minutos no local e fugiram com um malote de dinheiro. Imagens de câmeras de monitoramento mostram a ação dos bandidos.

A cooperativa fica na Rua General Osório e foi invadida perto das 8h20. Um homem que não quis se identificar, estava na frente da agência e contou à RBS TV o que viu:

“Pior que filme de terror. Eles chegaram, estacionaram o carro na frente, pegaram um [homem] que estava encostado no poste conversando com a irmã dele, levaram para dentro, aí quebraram a porta do banco“, contou a testemunha.[/homem]

Segundo a PM, os bandidos entraram na agência e mandaram os funcionários para a parte de trás, enquanto mandaram a gerente ir em direção ao cofre. Um cliente, que iria sacar dinheiro no caixa eletrônico, também foi rendido e levado para dentro da agência.

Os bandidos fugiram no mesmo carro em que chegaram - um Fiat Punto, que ficou parado na frente do estabelecimento durante o assalto. Ele foi abandonado logo depois, na Rua das Camélias.

A polícia informou que o carro, com placas de São Miguel do Oeste, tinha registro de furto. Ele teria sido levado por  criminosos há 20 dias, no Rio Grande do Sul. 

Até o final da tarde desta terça-feira (7), ninguém havia sido recapturado. O valor roubado também não foi divulgado. 

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!