Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Precisando do nosso logo? Baixe-o em um dos seguintes formatos:
Vetorial (.svg)|Rasterizado em alta resolução (.jpg)|Ícone (.ico)
Obs.: não utilize nossa marca sem autorização.
Feito!
Erro!
Logo oeste capital topo.PNG
93,3 FMOuça ao vivo
Tocando agora: Daqui a pouco mais músicas na Oeste Capital!

Imagens de câmera perto da Arena são avaliadas para apurar furto de taça

VoltarVeja também
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:acontece, impressões, digitais, delegado, responsável, investigação, fábio e fortes317 palavras4 min. para ler
Imagens de câmera perto da Arena são avaliadas para apurar furto de taça
Ver imagem ampliada
Segundo a Felej, das 62 câmeras dentro do estádio não flagraram furto.

Taça do Catarinense 2015 foi furtada após STJD tirar o título do JEC.



A Polícia Civil de Joinville analisa imagens de uma câmera de monitoramento perto da Arena Joinville, para tentar identificar os responsáveis pelo furto da Taça do Campeonato Catarinense 2015. Hoje pela manhã, a loja na Arena Joinville ficou fechada enquanto os funcionários prestavam depoimento na delegacia de polícia.

O troféu foi levado de dentro da loja do clube, na madrugada de quinta-feira (16). O furto aconteceu horas após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) manter a punição ao Joinville por escalação irregular e apontar o Figueirense campeão estadual e, portanto, dono do troféu da competição.

O vidro da vitrine do escritório onde estava a taça foi quebrado com um pé de cabra. A única coisa que foi levada da loja foi a taça oficial do Campeonato Catarinense. Já na manhã de quinta, a polícia começou a investigar o caso, depois que a diretoria do JEC registrou um boletim de ocorrência.

Peritos do Instituto Geral de Perícias foram até o local reunir informações e impressões digitais. Segundo o delegado responsável pela investigação, Fábio Fortes, este é um dos elementos mais importantes, até para confirmar se antes de arrombar o escritório, a parte dos fundos da loja foi forçada. “Vamos aguardar o laudo e aguardar resposta dessas imagens e relatório pra ver se há outras imagens que possam ajudar“, informou.

As imagens que estão sendo analisadas foram registradas por uma câmera de monitoramento de um prédio que fica ao lado da Arena Joinville, mas elas não mostram com clareza o que aconteceu. No vídeo, é possível ver uma movimentação suspeita no início da madrugada de quinta. Por volta de 1h07, uma moto chega na frente do estádio. O motoqueiro estaciona, apaga o farol e desaparece na escuridão. Durante 15 minutos, não é possível ver o que acontece.

Fonte:G1
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Últimos recados

Curta o nosso site!